Rega e Flush

Jardineiros iniciantes muitas vezes se perguntam qual é o melhor método para regar seu cultivo no solo. Embora seja verdade que a maioria das plantas precisam de bastante água, também é verdade que algumas espécies não toleram o excesso de água, por isso é fácil cometer erros. Seguindo essas dicas, você garantirá ótimos resultados em seu cultivo.
Quando devo regar minha planta? Esta pergunta tem muitas respostas diferentes, já que muitas variáveis ​​diferentes estão em jogo. Por esse motivo, não há resposta exata. Por exemplo: temperatura, umidade, cor/tipo/tamanho do vaso e outros fatores ambientais podem alterar a frequência com que a água será necessária.

Prestar muita atenção às folhas de suas plantas é outra maneira de saber se é hora de regar. É claro que esperar o tempo suficiente para que os sintomas cheguem não é o ideal, mas qualquer sinal de murchamento deve ser imediatamente seguido por uma dose de água.
O volume de água na média em cada irrigação deve ser, pelo menos, um quarto do volume total do vaso.

Exemplos:
Para um vaso de 1 litro, use 0,25L de água em cada irrigação
Para um vaso de 4L, use 1L de água em cada irrigação
Para um vaso de 12L, use 3L de água em cada irrigação
Para um vaso de 30L, use 7,5L de água em cada irrigação

A rega deve ser lenta e uniforme sobre a superfície, para umedecer adequadamente todo o substrato. Coloque os pratos em baixo do vaso para que eles sejam preeenchidos com água assim que irrigar as plantas; esta água será absorvida pela capilaridade em menos de um dia. Também é muito importante usar um substrato de qualidade não apenas com boa capacidade de retenção, mas também com boa drenagem (seu substrato deve conter, perlita, argila expandida e / ou coco).
Uma vez regada, você pode perceber que seus vasos estão bem pesados, sendo difícil movê-los. O que você deve fazer agora é verificar o peso dos vasos todos os dias - você pode fazer isso com as mãos. Tambem pode usar um vaso cheio de substrato seco para comparar os dois pesos. Depois de perderem a maior parte do peso, é hora de regá-los novamente.
Como a água pesa muito mais do que o solo, um vaso saturado de água pesa muito mais do que outro pronto para ser regado. Com um pouco de prática, você aprenderá rapidamente quando é o momento adequado para regar suas plantas.
Esta técnica é extremamente fácil e eficiente e adequada para qualquer tipo de plantas em vasos! Usando este método, você provavelmente regará suas plantas a cada 3-6 dias. Vários fatores podem exigir uma irrigação mais freqüente, como pequenos vasos, clima seco e quente, exposição solar, etc.
Durante as últimas semanas antes da colheita, a necessidade de água da planta é menor. Devemos então reduzir progressivamente a quantidade de água em cada irrigação, porque podemos ter problemas com os fungos que se desenvolvem nos brotos se o substrato demorar muito para secar. Além disso, um leve “estresse hídrico” no final da floração aumenta a produção de resina.
No entanto, não se esqueça do FLUSH, somente com água (sem qualquer fertilizante) entre 2-3 semanas antes da colheita ou intercalada na mudança da Vega para Flora. O Flush com água (sendo que, eventualmente, você pode adicionar enzimas ou ácidos húmicos/fúlvicos) serve para diluir e “reciclar” esses nutrientes acumulados no solo, o que pode causar uma intoxicação na planta e nas raizes.

QUAL A MELHOR ÁGUA PARA SUA REGA?

Você pode usar a água da torneira desde que seu valor de EC (Condutividade Elétrica) seja <0,4. Caso contrário, você deve diluí-lo com água pura (EC = 0,0), como água da chuva ou osmose / água desmineralizada, a fim de obter um valor de EC de cerca de 0,3.
De fato, alguns tipos de plantas não gostam de cloro, metais pesados ou outras substâncias contidas na água da torneira. Recomenda-se deixar o cloro evaporar por 24 horas na temperatura ambiente.
A água de osmose (tecnologia utilizada para remover as impurezas da água por meio da retenção de moléculas) é perfeita para o cultivo, desde que adicionemos alguns suplementos e pode ser produzido usando um sistema de osmose. Devemos adicionar elementos de cálcio/magnésio/oligoelementos, uma vez que a maioria dos fertilizantes são feitos para uso com água da torneira.
A água da chuva também é muito útil, e super recomendado - especialmente em ambientes fechados (Indoor) colocá-la no micro-ondas por alguns segundos para esterilizá-la de bactérias, ovos, esporos de fungos, etc.
O valor do pH da água deve estar entre 6 e 7. Caso contrário, deve ser ajustado com um regulador de pH Up&Down.
A partir destas dicas básicas, jardineiros novatos podem ter uma boa idéia sobre regar suas plantas. No entanto, são apenas métodos. Modificações nos princípios básicos podem ser feitas de acordo com a escolha da linhagem (genética), tipo de cultura, clima local e vários outros fatores.