MACRO e MICRONUTRIENTES

Todo mundo sabe que a água e o dióxido de carbono são vitais para o cultivo; nenhuma planta sobreviverá sem eles. Macronutrientes e micronutrientes também são cruciais, e um não pode compensar o outro. Ambos são necessários.

O valor de um nutriente só pode ser determinado pela forma como uma planta pode sobreviver sem ela, o que significa que todos os nutrientes, tanto macro como micro, são críticos para o cultivo de plantas saudáveis. Os macronutrientes são usados ​​nas maiores quantidades. No entanto, embora os micronutrientes sejam usados ​​em quantidades menores, eles ainda são necessários para o crescimento da planta.


Macronutrientes incluem:
Fósforo - Transfere energia vegetal, vital para a fotossíntese e sistema radicular mais forte.
Potássio - Estabelece um forte crescimento das raízes, motiva a absorção de água.
Nitrogênio - Promove a fotossíntese e é responsável pelo tamanho, crescimento e vitalidade das plantas.
Os macronutrientes devem trabalhar com micronutrientes para criar plantas saudáveis ​​e de alto rendimento.
O sistema de Micronutrientes inclui:
A Sílica, também conhecida como silicato de potássio, é um suplemento benéfico e surpreendente que torna as plantas maiores e mais resilientes. A Sílica também ajuda a proteger as plantas contra pragas e doenças. Maiores rendimentos são mais comuns entre as plantas que usam sílica.
⦁ O Ferro ajuda na fotossíntese e nas reações enzimáticas.
⦁ O Magnésio estimula a absorção de luz, ajuda na utilização de nutrientes e neutraliza os ácidos.
⦁ O Manganês auxilia enzimas vegetais na redução de nitratos antes da produção de proteínas.
⦁ O Zinco é vital para o crescimento das plantas.
⦁ O Cobre é essencial para as enzimas.
⦁ O Cálcio é utilizado no fortalecimento das paredes das células da planta, auxilia no crescimento da ponta das raízes e na neutralização de ácidos orgânicos.
⦁ O Enxofre é uma parte importante das proteínas, aumenta o crescimento das raízes e ajuda a espalhar a clorofila.
⦁ O Molibdênio ajuda a transformar nitratos em amônia.
⦁ O Boro é necessário para a criação e estabilização da parede celular, bem como para o crescimento da ponta das raízes.
⦁ O Cobalto afeta o crescimento e o metabolismo das plantas.

Os termos “macronutrientes” e “micronutrientes” descrevem as quantidades de compostos usados ​​pelas plantas, em vez dos tamanhos das próprias moléculas. Eles se referem às quantidades de nutrientes específicos necessários para que as plantas cresçam bem. O nitrogênio é considerado um macronutriente porque é necessário para as plantas em grandes quantidades. O molibdênio é considerado um micronutriente porque é requerido pelas plantas em pequenas quantidades.
O equilíbrio correto de macro e micronutrientes garante crescimento vibrante e rendimento máximo. Desequilíbrios podem fazer as plantas ficarem fracas e lentas, ou exibirem de saúde precária. Folhas verdes ou amarelas escuras, necrose, manchas escuras e murchamento crônico são alguns sinais típicos de desequilíbrios ou deficiências nutricionais.